UFJI — Universidade Federal do Jardim de Infância

Apenas lápis, caneta e borracha na mesa, por favor. Pode deixar a criatividade em casa. Aqui estão dezenas de questões múltipla escolha para fazer em algumas poucas horas. Esta prova decide seu futuro e começa agora.

Achou que era o ENEM? Esse é apenas um simulado para alunos da 5ª série do Ensino Fundamental. Ou seriam da 4ª? Começamos cada vez mais cedo a preparar nossas crianças para o vestibular — até tiramos um ano da Educação Infantil para criar o 9º do Fundamental. Felizmente, tudo valerá a pena quando elas estiverem prontas para o futuro… certo?

Alerta de spoiler: existe vida pós-ENEM. Sem papel para marcar A, B, C, D ou E, sem fórmula decorável para o sucesso e nem sempre com apenas uma alternativa correta. Agora adultas, essas ex-crianças se frustram por falharem e percebem que falta aquela coisa a mais para solucionar diferentes problemas: criatividade.

Na escola, errar significa perder pontos e perder muitos pontos significa repetir o ano. Esquecemos que experimentar e falhar traz benefícios. Picassopodia repintar suas telas durante meses antes de chegar ao resultado que queria. Shakespeare escreveu 154 sonetos ao longo da vida e sabe-se lá quantos rascunhos não viram a luz do dia. Quando falamos deles, lembramos apenas dos sucessos. Falamos de Guernica e Hamlet, mas não dos fracassos.

A propósito, sabia que crianças que experimentam aprendem 30% mais? É o que educadores da Universidade de Stanford descobriram ao trocarem o tradicional método lousa-livro por aulas mão na massa nas quais crianças montavam robôs e sistemas eletrônicos inteiros.

Temos exemplos made in Brasil também. Em Barueri, uma escola estadual adotou o uso de robótica e tecnologia da informação e percebeu uma melhora de mais de 100% no aprendizado dos alunos.

Em BH, estamos extremamente orgulhosos em apresentar a nossa criança para outras crianças: o CoolHowzinho. Nele, juntamos as melhores coisas que as crianças podem fazer na infância com o estímulo às habilidades que vão fazer todo o sentido para elas no futuro. Vamos trabalhar (ou melhor, nos divertir) com movimento makerempreendedorismotecnologia,criatividade e muitas outras possibilidades. Tudo com a ajuda de educadores especializados em crianças.

Posted on April 20, 2016 .