Back to All Events

SIMPLES: Escrita Criativa e Afetuosa (Porto Alegre)

  • CAZAMATA Rua Mata Bacelar, 50, Bairro Auxiliadora Porto Alegre (map)

Esqueça os ursinhos carinhosos. Afeto aqui não é exatamente o que você está pensando, mas é a melhor palavra para traduzir o que está em falta. Escondida em sua origem, ela tem uma irmã que virou verbo: afetar. Exatamente o que a comunicação quase não consegue fazer hoje. Sem muito esforço você vai se lembrar das newsletters que recebeu mais cedo, dos e-mails que os colegas te enviaram, os textos que leu. No entanto, certamente não se lembrará do conteúdo deles, nem saberá dizer como (e se) te inclinaram a tomar uma ação. Estamos ficando impermeáveis, e ainda acreditamos que falar como robôs ou algoritmos vai resolver alguma coisa. Não, não vai.

Precisamos descobrir como podemos falar de maneira direta e próxima com quem nos lê. Só assim seremos capazes deinformar, ajudar a refletir e convidar para ação. Temos que entender como nos colocamos na escrita e provocamos aquela sensação de conversa olho no olho. Sabe?

Pense aí um pouco na importância de uma habilidade como essa no ambiente corporativo, com profissionais cada vez mais atarefados, insatisfeitos com as suas escolhas e repletos de dilemas. É urgente refletir sobre a forma com que estamos nos comunicando e exercitar diferentes formatos de construção dos nossos escritos, visando estabelecer uma comunicação mais efetiva com aqueles que queremos atingir.

Qual o objetivo do workshop?

Analisar a maneira pela qual estamos nos comunicando e refletir sobre os diversos tipos de linguagem que existem. Será que estamos, de fato, conversando com os outros?

Treinar o olhar e a escrita para o que é simples. Como muitas vezes deixamos escapar o que é óbvio ou o que está exatamente diante de nós?

Identificar o que são boas histórias. Como reconhecemos as boas narrativas?

Cultivar o olhar curioso. Como é o tipo de olhar que alimenta a nossa criatividade, faz nascerem as boas ideias e a almejada inovação?

Como vai ser?

O texto que engaja as pessoas

Como conseguimos nos comunicar e passar a mensagem que queremos para o outro. Uma análise sobre “com quem” estamos conversando. Conceitos como empatia e humanização.

A mensagem que estamos passando

Como repensar a maneira e os caminhos que estamos usando para nos comunicar com o público interno e externo. Estar ou não estar em todas as mídias (online e off-line). A melhor maneira de informar.

A revista Vida Simples

Como essa revista se transformou numa publicação bem-sucedida, com uma verdadeira legião de fãs. Uma análise do processo de criação de texto e design dos temas com maior sucesso.

Oficina de escrita criativa

Um pequeno desafio para cada um dos participantes: escrever um texto a partir de um tema pré-estabelecido.

Oficina de co-criação

Uma análise dos textos e processos de co-criação para transformá-los em imagens ou desdobrá-los em outras plataformas ou mídias.

Esse workshop é para mim?

É. Assim, direto e simples. Hoje (e no futuro) é indispensável para qualquer profissional se comunicar bem.

O que vou aprender?

Você vai ampliar a sua capacidade de reflexão e atuação na realidade corporativa, tornando-se instrumentalizado para enfrentar os desafios comunicacionais que vez a vez se apresentam. De maneira geral, saberá encontrar caminhos para desenvolver formatos de comunicação mais atuais e efetivos, isto é, mais alinhados com a necessidade das pessoas e do mercado

Quem é a professora?

Ana Holanda. Editora-chefe da revista Vida Simples, formada em Jornalismo pela PUC-SP. Atua no mercado de revistas há 20 anos, tendo passado por diversas redações, nas editoras Globo e Abril, contribuindo para grandes publicações, como Veja, Época, Claudia, Marie Claire, Criativa, Saúde e Bons Fluidos, além do jornal Folha de São Paulo. Coordenou por dois anos o portal bebe.com.br (Editora Abril). Há cinco anos, coordena a revista e as mídias digitais de Vida Simples. Neste período, essa publicação recebeu cinco prêmios de jornalismo: dois, de mobilidade (publicações especiais); três, de arte (internacionais). Ana Holanda recebeu dois prêmios Abril de Jornalismo e foi finalista do Prêmio Ayrton Senna de Jornalismo e do Prêmio Ibero-americano de comunicação pelos direitos da infância. Paralelamente ao seu trabalho em Vida Simples, cuida do projeto pessoal Minha Mãe Fazia, no Facebook, sobre memórias afetivas e comidinhas do dia a dia

Carga horária?

8 horas (+ intervalo para almoço)

Quando?

17 de setembro. Das 10h às 19h

Onde?

CAZAMATA - Rua Mata Bacelar, 50, Bairro Auxiliadora - Porto Alegre 

 

Gostei hein. Agora vamos falar de valores.

4x de R$145 ou R$580

E a forma de pagamento?

Transferência bancária (5% de desconto – solicite os dados pelo e-mail contato@coolhow.com.br)

Boleto ou cartão de crédito via Sympla.

Vou falar com meus colegas e com meu chefe!

Se sua empresa quer inscrever 3 ou mais pessoas, entre em contato conosco, temos valores e condições especiais: contato@coolhow.com.br

Quero me inscrever

Então vem cá: